Desenvolvimento Ágil Limpo Na Visão De Um Desenvolvedor Android

Investir em Você é Barra de Ouro a R$ 2,00. Cadastre-se e receba grátis conteúdos Android sem precedentes! Você receberá um email de confirmação. Somente depois de confirma-lo é que eu poderei lhe enviar os conteúdos semanais exclusivos. Os artigos em PDF são entregues somente para os inscritos na lista.

Email inválido.
Blog /Android /Desenvolvimento Ágil Limpo Na Visão De Um Desenvolvedor Android

Desenvolvimento Ágil Limpo Na Visão De Um Desenvolvedor Android

Vinícius Thiengo
(438)
Go-ahead
"Não é quem você é que mantém você para trás. É quem você acha que você não é."
Denis Waitley
Kotlin Android
Capa do livro Mapas Android de Alta Qualidade - Masterização Android
TítuloMapas Android de Alta Qualidade - Masterização Android
CategoriasAndroid, Kotlin, Masterização, Especialização
AutorVinícius Thiengo
Edição
Ano2020
Capítulos11
Páginas166
Acessar Livro
Quer aprender a programar para Android? Acesse abaixo o curso gratuito no Blog.
Conteúdo Exclusivo
Investir em Você é Barra de Ouro a R$ 2,00. Cadastre-se e receba gratuitamente conteúdos Android sem precedentes!
Email inválido

Tudo bem?

Enfim, aqui estamos novamente falando sobre o provável mais popular autor de livros do assunto “desenvolvimento limpo de software”: Robert C. Martin, também conhecido como “Uncle Bob”.

Martin é autor dos populares títulos Código Limpo e O Codificador Limpo.

Antes de iniciarmos os comentários sobre o provável (para mim) melhor livro de Robert Martin. Antes disso, eu preciso primeiro poupar o seu tempo.

Sendo assim, se você é desenvolvedor solo. E aliado a isso você também não tem pretensão alguma de trabalhar em times de desenvolvimento de aplicativos.

Então eu seguramente lhe afirmo que este artigo pode não ser muito útil a ti. Principalmente porque estaremos falando sobre um título agile, título que por sinal é fenomenal.

E não pense que estou sendo grosseiro. Longe disso. As práticas e metodologias ágeis foram criadas para times de desenvolvimento e não para desenvolvedores solo.

Na verdade têm duas coisas que são do desenvolvimento ágil e eu recomendo mesmo que você seja (e queira continuar sendo) desenvolvedor solo:

Ambos são práticas do eXtreme Programming (XP) e afetam diretamente a qualidade do código fonte do projeto.

Mas como o livro que iremos abordar neste artigo não entra a fundo em nenhum dos dois assuntos.

Então vou lhe indicar outros conteúdos aqui do Blog que certamente lhe acrescentarão ainda mais knowledge como programador de aplicativos:

E se mesmo com as indicações acima você tiver um tempo legal sobrando, dê uma lida também no livro “A Dieta da Mente” do Dr. David Perlmutter e Kristin Loberg.

Você não vai acreditar como podemos melhorar a nossa performance como desenvolvedor mudando primeiro os nossos hábitos alimentares.

Pode ser que soe estranho para você, mas este livro do Dr. Perlmutter está na lista de melhores investimentos em TI que eu fiz no ano de 2021. Este título e o livro “Por que nós dormimos” de Matthew Walker. Pode acreditar!

Bom, sem mais rodeios… vamos voltar à Robert C. Martin.

Thiengo, calma. Sou apenas um iniciante no desenvolvimento de aplicativos. Mesmo assim esse conteúdo será útil para mim?

Sem sombra de dúvidas que será útil.

Pode prosseguir com a leitura pois o livro alvo deste artigo é sim também para aqueles que estão apenas iniciando no desenvolvimento de apps.

Sendo assim… voltando ao foco do artigo.

Como falei logo no início, estaremos falando do provável melhor livro de Martin, “Desenvolvimento Ágil Limpo”. Livro que é curto e bem atual, de 2020.

Capa do livro Desenvolvimento Ágil Limpo de Robert C. Martin

Atual e popular. Eu mesmo já vi inúmeras resenhas e comentários sobre esse título.

E com segurança eu confirmo: vale cada tempo e centavo investido.

E olha que eu não sou um fã de carteirinha do Martin. Acho que ele inclusive é bem “cabeça fechada” no modo como fala sobre algumas coisas do desenvolvimento de software. Basicamente ele é um tipo de profissional (e autor) com zero flexibilidade.

Mas quando o trabalho é bem feito nós temos que saber reconhecer.

Eu tinha como proposta neste artigo começar com os pontos positivos do livro e logo depois seguir para os pontos negativos.

Muito dessa estratégia é porque nos artigos anteriores, e me recordo bem, eu fiz dessa forma.

Mas vou ser sincero (e já está ficando chato, eu sei): o livro basicamente não tem ponto negativo.

É um livro somente de leitura. Ou seja, você não precisará abrir o IDE em nenhum momento.

A proposta de leitura e estudo é exatamente como no livro “Entrega Contínua” de Jez Humble e David Farley. Ou seja, muito conteúdo útil, mas somente para um aprofundamento teórico.

Do parágrafo anterior, somente a parte “aprofundamento” é que o livro “Desenvolvimento Ágil Limpo” não se destaca.

Aliás isso não é um ponto negativo, pois essa não é a proposta de Martin: se aprofundar em todas as ramificações (ou apenas em parte delas) do desenvolvimento ágil.

O autor dessa vez quis mostrar que as coisas não estão saindo como combinado em Fevereiro de 2001 na comunidade de Snowbird, Utah. Data e local onde foi criado, por 17 membros (incluindo Martin e Kent Beck), o manifesto ágil.

Eu particularmente tenho experiência com time de desenvolvimento que utiliza metodologias agile. E vou ser bem sincero: praticamente tudo é adaptado.

E é bem provável que isso aconteça em qualquer lugar: nenhum time segue à risca o que prega o manifesto e as metodologias ágeis.

E quando estudamos mais a fundo a teoria de como tudo deveria funcionar em times agile fica bem claro que seguir a risca provavelmente seria mais simples e produtivo do que criar adaptações.

O autor foi até um pouco mais longe… atacando diretamente os cursos de certificação agile. Que segundo ele: a maioria não tem a parte prática. O aluno é que tem que se virar e aplicar os conhecimentos no dia a dia.

De qualquer forma, livros como o “Desenvolvimento Ágil Limpo” já são o suficiente para qualquer desenvolvedor de software que realmente queira entender e saber como “pisar” da maneira correta em times de desenvolvimento ágil.

E isso não é soberba de minha parte. Eu sou muito fã de “primeiro praticar [um pouco] para depois partir para a teoria”.

O problema está no “depois”. Porque “depois” é difícil acontecer.

E por experiência eu vejo que tem muito profissional onde o embasamento sobre agile vem de artigos que são majoritariamente um resumo do assunto; ou então vem de vídeos com poucos minutos e que assim não conseguem passar o conteúdo completo o suficiente.

Não estou atacando os artigos e vídeos. Sou super a favor deles. Eles são muito necessários para a comunidade em geral.

Mas assuntos como “agile” devem receber um pouco mais de seriedade quando se pensa em aumento de produtividade.

E eu digo isso sabendo que o agile não é a pedra filosofal da produtividade em desenvolvimento de software. Porém é o conjunto de metodologias ágeis que vêm funcionando muito bem na indústria de criação de aplicativos.

...

Eu tenho um portfólio de leituras sobre o assunto agile. Inclusive um dos livros é também para aqueles que querem tirar certificações agile. Livro que aliás eu parei de ler e não sei se vou continuar. Muito porque o que eu queria dele eu já obtive.

Por questões de curiosidade, estou falando do livro “Use a Cabeça! Ágil” de Andrew Stellman e Jennifer Greene.

É um bom livro. Mas como falei: ele é principalmente para quem quer estudar para certificações agile. Por isso ele acaba, em boa parte, sendo bem verboso.

De qualquer forma, dos livros que eu li sobre agile, “Desenvolvimento Ágil Limpo” é disparado o melhor para quem é desenvolvedor.

O livro vai lhe dar um norte sobre o que é ser um desenvolvedor de alta produtividade utilizando metodologias ágeis.

O título vai também introduzir as principais metodologias e as áreas específicas que essas metodologias atuam nos times de desenvolvimento.

E, para mim o principal, vai lhe dar mais coragem sobre decisões em relação ao código que você está desenvolvendo.

Por exemplo:

Por que investir tempo no encapsulamento exagerado de parte do código fonte já pensando em uma outra feature que poderá ser também uma feature cliente deste código? Por que seguir com esse comportamento?

No desenvolvimento agile nós desenvolvedores não tentamos resolver problemas que ainda não existem.

Você encapsular código com foco na refatoração e melhor leitura do projeto. Isso é super recomendado e necessário no mundo ágil.

Agora investir tempo por causa de uma futura feature que você nem sabe se vai existir. No desenvolvimento ágil… é ser ignorante.

Esse tipo de decisão vem do desenvolvedor do código com base no conhecimento agile dele. Ele não deve nem mesmo perguntar ao engenheiro sênior ou ao tech lead se deve ou não já preparar o código para futuras features.

Acredite, eu não estou querendo ser soberbo. Isso é um dos pontos importantes do manifesto ágil baseando-se no aumento de produtividade:

Não tente resolver problemas que ainda não existem.

O argumento “assim é melhor porque já fica preparado para as outras features”.

Isso já foi utilizado por profissionais mais old school (incluindo os 17 que criaram o manifesto ágil) e esses profissionais têm experiência suficiente para com total segurança informarem que “não se deve resolver problemas que ainda não existem”

essas pessoas sabem que esse tipo de comportamento apenas piora a produtividade do time.

Enfim…

eu não quero novamente ser o chato que cria um artigo resenha quase com o mesmo tamanho da obra original.

Mas quero sim ressaltar que eu vejo o livro “Desenvolvimento Ágil Limpo” como uma das leituras obrigatórias para desenvolvedores que estão (ou pretendem entrar) na indústria de desenvolvimento de aplicativos.

Antes de finalizar, uma curiosidade: existem algumas empresas que tratam como diferencial positivo, para o profissional desenvolvedor de aplicativos, a prática da leitura dos livros de Robert C. Martin.

Eu sei que isso pode ter soado meio bizarro, mas acredite: é verdade e eu mesmo já vi acontecer.

Não vou ser o carrasco aqui e assim desincentivar esse tipo de prática nas empresas. Para mim qualquer leitura da área de desenvolvimento é sim um investimento muito útil ao profissional desenvolvedor de software.

Mas não fique “bitolado” achando que existe somente o “Uncle Bob” no desenvolvimento limpo de aplicativos. Tem muito, mas é muito mesmo, autor bom por aí. Inclusive já recomendei vários títulos aqui no Blog e vou continuar recomendando.

Então é isso.

Espero que eu tenha lhe ajudado a identificar que “Desenvolvimento Ágil Limpo” é uma leitura que você deve realizar ainda neste ano, se possível.

E saiba que o conteúdo é atemporal… digo, atemporal até o momento que inventarem metodologias de desenvolvimento de software mais bem aceitas pela indústria do que as metodologias ágeis.

E por fim, me diga:

Quais são as leituras de TI que você hoje recomendaria para um amigo desenvolvedor? Se possível, coloque abaixo na área de comentários.

E como um bônus 😴, vou até mesmo lhe indicar mais uma leitura, de um clássico, para desenvolvedores de apps: “O Mítico Homem-Mês” de Frederick P. Brooks Jr.

Você vai literalmente ficar de queixo caído quando descobrir que ainda hoje ocorrem muitas coisas na TI que já vêm desde a década de 1970.

E, obviamente, caso você ainda não faça da inesquecível e mais almejada lista BR de conteúdos Android...

então não esqueça de se inscrever na lista de e-mails do Blog 📩.

Na confirmação da sua inscrição eu tenho um presente para ti.

É isso.

Abraço.

Investir em Você é Barra de Ouro a R$ 2,00. Cadastre-se e receba grátis conteúdos Android sem precedentes!
Email inválido

Relacionado

Android: Qual Tecnologia de Desenvolvimento Utilizar?Android: Qual Tecnologia de Desenvolvimento Utilizar?Android
Nós Temos Um Framework Em Mãos - YouTuber Android App - Parte 14Nós Temos Um Framework Em Mãos - YouTuber Android App - Parte 14Android
Como e Onde Monetizar o Aplicativo Framework - YouTuber Android App - Parte 15Como e Onde Monetizar o Aplicativo Framework - YouTuber Android App - Parte 15Android
Entrega Contínua em Android Na Visão De Um Desenvolvedor AndroidEntrega Contínua em Android Na Visão De Um Desenvolvedor AndroidAndroid

Compartilhar

Comentários Facebook

Comentários Blog

Para código / script, coloque entre [code] e [/code] para receber marcação especifica.
Forneça seu nome válido.
Forneça seu email válido.
Forneça o comentário.
Enviando, aguarde...