O que acho de SEO (Search Engine Optimization)

Receba em primeira mão, e com prioridade, os conteúdos Android exclusivos do Blog. Você receberá um email de confirmação. Somente depois de confirma-lo é que poderei lhe enviar os conteúdos exclusivos.

Email inválido.
Blog /Desenvolvimento Web /O que acho de SEO (Search Engine Optimization)

O que acho de SEO (Search Engine Optimization)

Vinícius Thiengo
(1289) (1) (1)
Go-ahead
"A única coisa pior do que não ler um livro nos últimos noventa dias é não está lendo um livro nos últimos noventa dias e pensar que isso não importa."
Jim Rohn
Kotlin Android
Capa do livro Desenvolvedor Kotlin Android - Bibliotecas para o dia a dia
TítuloDesenvolvedor Kotlin Android - Bibliotecas para o dia a dia
CategoriasAndroid, Kotlin
AutorVinícius Thiengo
Edição
Capítulos19
Páginas1035
Acessar Livro
Treinamento Oficial
Android: Prototipagem Profissional de Aplicativos
CursoAndroid: Prototipagem Profissional de Aplicativos
CategoriaAndroid
InstrutorVinícius Thiengo
NívelTodos os níveis
Vídeo aulas186
PlataformaUdemy
Acessar Curso
Receitas Android
Capa do livro Receitas Para Desenvolvedores Android
TítuloReceitas Para Desenvolvedores Android
CategoriaDesenvolvimento Android
AutorVinícius Thiengo
Edição
Ano2017
Capítulos20
Páginas936
Acessar Livro
Código Limpo
Capa do livro Refatorando Para Programas Limpos
TítuloRefatorando Para Programas Limpos
CategoriaEngenharia de Software
AutorVinícius Thiengo
Edição
Ano2017
Capítulos46
Páginas599
Acessar Livro
Quer aprender a programar para Android? Acesse abaixo o curso gratuito no Blog.
Conteúdo Exclusivo
Receba em primeira mão, e com prioridade, os conteúdos Android exclusivos do Blog.
Email inválido

Na verdade minha opinião sobre SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Motores de Busca) é baseada na opinião de Conrado Adolpho (8Ps do Marketing Digital). Eu nem o conheço pessoalmente (muito menos ele a mim), mas acompanho o blog dele... enfim, vida que segue.

SEO é uma modalidade extremamente útil para qualquer site, até porque quem não quer aparecer entre os primeiros na página de resultados dos motores de busca sem pagar nada? Sem sombra de dúvidas essa possibilidade de aparecer entre os primeiros gratuitamente seria um grande diferencial de negócio, mas tem algumas coisas que precisam ser esclarecidas. Não sei você, mas quando eu conheci o termo SEO fiquei extremamente empolgado com o mundo de beneficios que era atingível se eu aplicasse técnicas de SEO em meus sites. Já pensava: Fácil! Muito fácil! Porém o mundo real é diferente do mundo ideal. As técnicas realmente existem, já foram utilizadas (nem todas comprovadas) e muitos resultados alcançados.

Vamos as problemáticas. Existem caminhões de livros mostrando as técnicas que farão com que você coloque seu site nas primeiras posições. E como falei acima, a maioria dessas técnicas realmente funcionam, o problema é o tempo que elas levam para funcionar (pode passar de ano dependendo de seu conteúdo). Na vera mesmo, ninguém, além dos próprios motores de busca, conhece os algoritmos indexadores de conteúdo. Eles, vira e mexe, estão dando uma dica ou outra de boas práticas, o Google e o Bing têm uma área só para desenvolvedores, para identificar e trabalhar a qualidade de seus sites. Porém esses algoritmos indexadores têm centenas de váriaveis que calculam a pontuação de seu site, ou página, para as palavras-chave buscadas. O Google tem uma variável (PageRank) que é muito famosa em qualquer site ou livro que fale sobre SEO, porém ninguém sabe qual é realmente o peso dela para a pontuação dos sites no Google. Existem inúmeras técnicas e desenvolvedores que tentam de uma forma ou outra burlar esse link building que o Google utiliza em rankeamento (quando descoberto pelo Google a casa cai para o domínimo que está sendo beneficiado e os que estão o apoiando). Alias, para cada técnica conhecida utlizada para rankeamento de sites em motores de busca há uma outra para tentar burlar essa técnica. Então fica a dúvida: Essas técnicas que os motores de busca mostram de vez em quando realmente tem um peso relevante para que eu fique desesperadamente me desenrolando em conseguir construir um texto perfeito e ainda conseguir links apontando para minhas páginas? Vai saber!

Outra problemática é que os três principais motores são de empresas (Google, Bing, Yahoo!) listadas na bolsa de valores americana (mais precisamente no indice NASDAQ que é o indice de empresas de técnologia da bolsa americana) e dos três principais motores de busca tem um que tem o monopólio do mercado (não por ser uma empresa má, mas por ter um algoritmo fod...), o Google. Literalmente aparecer entre as primeiras posições do Google gratuitamente é dinheiro na certa. Só colocar alguns banners espalhados estratégicamente pela página e "voia lá" (acho que é assim que se escreve). O que acontece é que uma das principais fontes de renda do Google é o AdWords, famoso programa de anúncios por palavras-chave na rede de parceiros do Google e nos resultados do motor de busca da empresa. De longe os anúncios nos resultados de buscas são os mais relevantes para o usuário que busca algo e para o anunciante, pois se você anúncia para a palavra-chave "Cordão de ouro barato" e o usuário busca por esse termo, muito provavelmente ele quer comprar um cordão de ouro barato, e os anúncios que aparecerem na página de resultado para essa busca terão muita chance de converter esse usuário em cliente. Note que o objetivo de estratégias de SEO é a página de resultado do motor de busca. Agora imagina você aparecer entre os primeiros resultados de uma busca por "Calçados" sem pagar nada, você estará no resultado orgânico que é o que recebe mais cliques. Então você começa a ganhar trafego e consequentemente dinheiro (vendendo produtos, trabalhando com anúncios, ...) e o Google está ganhando... nada de você, você não está pagando um centavo sequer no programa AdWords do Google e a cada trimestre (se não me engano) o Google tem de reportar aos acionistas o faturamento da empresa no período. Se o faturamento e lucro são bons as ações tendem a subir, o valor de mercado da empresa também e no próximo lançamento de lotes de ações no mercado pela empresa a capacidade de arrecadar maior quantia de dinheiro é ainda mais alta. Porém as coisas podem não ir tão bem e as ações despencarem. Solução, você já está ganhando dinheiro, porém o Google nada, então você quer continuar ganhando dinheiro, mas o Google precisa também de parte desse dinheiro (nada mais que justo, até porque você está recebendo trafego vindo dele). Então acontece a "melhoria do algoritmo" e seu site que estava entre os primeiros resultados literalmente some e o trafego vai junto. Solução rápida para resolver esse problema? AdWords. Seu site, ou página, já não é mais algo estranho para os usuários, até porque a pouco tempo você estava lá entre os primeiros, então aquele fundo amarelado de anunciante não irá lhe prejudicar tanto e os acesso tendem a se normalizar, porém não gratuitamente mais.

O objetivo aqui não é falar mal do Google ou de qualquer outra empresa que possui um motor de busca, a ideia é mostrar que o SEO é uma excelente opção e deve sim ser trabalhado para que seu site um dia atinja os primeiros resultados, porém fique ciente que pode levar um tempo e que quando os primeiros resultados forem alcançados você já deve elaborar uma estratégia para continuar entre os primeiros, seja com conteúdos novos, originais e frequentes ou com anúncios, pois as melhorias nos algoritmos acontecem sempre.

E outra, estou chutando, se você apenas fornecer conteúdo frequente (diário por exemplo) e original (sem copiar e colar o conteúdo de uma outra página na Web) isso já pode fazer uma baita de uma diferença em seu ranqueamento, pois no final das contas os motores de busca precisam mostrar conteúdo relevante para seus usuários e por lógica o que é novo tende a ser mais buscado do que aquilo que é antigo, e o que o usuário consome no final das contas é o conteúdo que é apresentado na página e não conteúdo de metatag description ou nomes amigáveis em URLs (apesar de ajudarem). Logo, muito provavelmente os motores de busca devem dar um peso muito maior para conteúdos originais e novos. Até porque se o conteúdo é novo tende a ser buscado mais frequentemente e se é buscado é buscado por usuários e se tem usuários tende a ter dinheiro (anúncios clicados, vendas online acontecendo, ...) e se tem dinheiro os acionistas curtem!

Fica a dica então: conheça as técnicas de SEO, aplique as técnicas de SEO, foque no conteúdo original (e novo de preferência) e tenha uma frequência na publicação de conteúdo original. Foco no conteúdo original (e indexável, claro) e frequencia já podem fazer você quebrar a banca no futuro. Eu já li alguns livros sobre SEO (SEO Otimização de Sites, Guerreiro SEO, SEO Bíblia), entra lá e de uma olhada no comentário caso esteja pesquisando para adquirir uma boa literatura sobre o assunto.

Se divirta, evolua.

Receba em primeira mão, e com prioridade, os conteúdos Android exclusivos do Blog.
Email inválido

Relacionado

SEO BíbliaSEO BíbliaLivros
Guerreiro SEOGuerreiro SEOLivros
SEO - Otimização de SitesSEO - Otimização de SitesLivros

Compartilhar

Comentários Facebook

Comentários Blog

Para código / script, coloque entre [code] e [/code] para receber marcação especifica.
Forneça seu nome válido.
Forneça seu email válido.
Forneça o comentário.
Enviando, aguarde...